VÍCIOS ALÉM DA MORTE

Print Friendly, PDF & Email
5 (100%) 1 vote

Na última terça-feira, dia 25 de outubro, durante a reunião mediúnica na qual trabalho, tive oportunidade de conversar com um espírito que disse ter 17 anos, e que estava no salão de palestras de nossa casa de trabalho (as palestras são realizadas no mesmo horário da mediúnica, para que seja feita a atração espiritual dos espíritos ligados aos encarnados), junto com mais dois outros espíritos, de 13 e 14 anos, e ele dizia que esses dois mais novos ficavam insistindo para que ele se juntasse aos dois e ficassem aproveitando o “cheiro” do cigarro que era exalado de uma de nossas pacientes encarnadas.
O que incorporou na médium e conversou comigo dizia detestar o cheiro de cigarro, e não queria mais saber disso, e então conversamos durante certo tempo, e ele me disse que os outros dois não eram pessoas más, eram apenas viciados, dependentes.
Disse que quando a paciente parava de fumar, eles procuravam outra pessoa fumante, para ficarem perto aproveitando o “cheiro” do cigarro. E também ficavam às vezes influenciando e insuflando nossa paciente encarnada a fumar, o que certamente contribuía para aumentar o desejo que ela já possuía de fumar. Isso nós chamamos de influência ou interferência espiritual nociva, mas não necessariamente é uma obsessão.
Todavia, isso dificulta o encarnado a deixar o seu vício. Mas de quem é a culpa?
Não falamos em culpa em nosso trabalho!

Falamos apenas em vício, desejo, apego, mudança, superação, evolução, crescimento, desapego, etc.
Ninguém tem culpa de ter um vício!
Quantas pessoas lutam bravamente para se libertarem de um vício, e não conseguem. Eu bem sei o que é isso!
Muita gente precisa de ajuda profissional, de médico ou psicólogo, e até de tratamento, para deixar um vício como o tabagismo, o alcoolismo e as drogas diversas.
Ao longo da conversa que tive com o rapaz desencarnado de 17 anos, que aparentava ser muito maduro para a idade, e que me ajudou muito a convencer os dois garotos desencarnados de 13 e 14 anos a serem levados para uma cidade no mundo espiritual para tratamento, estudo e outras mais, saudáveis para eles, disse-me o mais velho, incorporado, que havia um médico do seu lado, de branco, espírito é claro, e que ele estava dizendo que se os garotos sentissem muita vontade de fumar ele lhes daria um remédio, o que me fez lembrar os adesivos de nicotina utilizados em certos tratamentos contra o tabagismo.

Isso mostra que há uso realmente de medicação também no mundo espiritual, e não apenas a conhecida fluidoterapia.
Conversa como essa me mostra e me faz sempre refletir sobre os nossos vícios, de sexo, cigarro e álcool até as drogas mais terríveis e mortais como o crack e agora o oxi, que vicia muito mais rapidamente, porque seu efeito dura apenas 15 minutos, o que faz o viciado precisar logo de mais uma dose da droga, e se vicia mais rápido, e o efeito da droga é muito mais devastador no organismo. Mata muito mais rápido!
O cigarro provoca diversos males, de efizema pulmonar a câncer na garganta, esôfago, estômago e pulmão.
Quando mais jovem, eu costumava dizer: “A morte é uma mudança de plano sem mudança de personalidade”.
Continuo acreditando nisso!

Pelas conversas com desencarnados em reuniões mediúnicas e também pelas minhas experiências de desdobramento/projeção astral, vejo como realmente as pessoas que tinham um vício qualquer aqui no mundo material continuam com os mesmos vícios, com as mesmas vontades, com os mesmos desejos após deixarem de forma definitiva o corpo de carne pela via da morte.
Porém, no mundo espiritual não há alambique para destilar bebidas alcoólicas, não há fábrica de cerveja, nem vinho. Assim, o alcoólatra sofre pela falta de bebida após a morte, e muitos acabam procurando alcoólatras encarnados e ficam juntos a eles “bebendo com eles”, ou simplesmente absorvendo os vapores do álcool.
Dá-se o mesmo com os viciados em droga, e também o cigarro!

Até com remédio para dormir isso acontece, como já tive diversas oportunidades de atender espíritos viciados em remédios para dormir, geralmente suicidas ou pessoas desencantadas com a vida que querem fugir da realidade, dormindo eternamente, e para isso procuram pessoas encarnadas que tomam esse tipo de remédio e “colam” nelas para aspirarem os fluidos da medicação. E isso funciona mesmo, e esses espíritos podem ficar anos assim, dormindo, acordando e dormindo novamente. Numa fuga incessante da realidade! Mas um dia acordam, são assistidas, são levadas para algum trabalho mediúnico sério e acabam sendo encaminhadas para tratamento médico e psicológico em hospital em alguma colônia espiritual.
Temos muito trabalho em reuniões mediúnicas para convencer viciados de todos os tipos a seguirem para as colônias, cidades no mundo espiritual, para tratamento, estudo, etc.
Muita gente desencarnada não quer sair do mundo material, não quer deixar o seu vício!

Quantos espíritos eu já ouvi dizer que nunca estiveram em uma cidade no mundo espiritual!
Eles estão no mundo espiritual, mas na verdade sequer o conhece de verdade, porque vivem unicamente na região ligada ao mundo material. Só veem, muitas vezes, o mesmo que nós encarnados vemos.
Vivem em suas casas, ou nos bares, nas casas noturnas onde rolam as baladas de droga, muito álcool e são ponte para sexo desvairado. Ligam-se por afinidade a quem curte essas coisas!
A maioria das pessoas que frequentam esses ambientes e bebe muito e toma drogas com habitualidade possui companhia espiritual de viciados.
Muitos espíritos desencarnados estão tão ligados ao plano físico que sequer percebem outros desencarnados de corpos espirituais mais sutis ao seu lado, tentando ajudá-los.
Todo vício adquirido na Terra física, e do qual não nos libertarmos, será fatalmente um vício levado para o mundo espiritual, e um limitador do nosso avanço, e da nossa evolução.
Precisamos trabalhar internamente para nos livrarmos de todos os vícios, disse todos, antes de a morte física chegar, e ela não nos dará aviso prévio.
A morte pode chegar para todos nós hoje ou amanhã!

O mundo espiritual tem lugares maravilhosos, bem acima da crosta terrestre física, mas quem estiver com seu corpo espiritual adoecido pelo cigarro, pelas drogas ou pelo álcool, por reflexo do mau feito ao corpo físico, não chegará a esses lugares maravilhosos tão cedo, pois precisará primeiro purgar todas as toxinas do corpo espiritual, o que pode levar tempo.
Vamos nos livrar de nossos vícios já, para que nossa vida após a morte, e também nossa vida aqui na terra física seja muito melhor!

Muita paz.
Salvador, 29 de outubro de 2011.
Luiz Roberto Mattos

Conheça nossa loja virtual: http://mestresanakhan.com.br/loja/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *